Internacionais
Comitê de Trabalho

O Comitê de Trabalho Internacional é um comitê de liderança de transição que contribui construindo e fortalecendo a HomeNet International. Suas designações foram aprovadas pelos delegados do HNI durante o Congresso de lançamento em 24 de fevereiro de 2021.

Betty Lunkuse é o fundador da Envirojewels e representante de Uganda na Plataforma Regional da África. Ela recebeu o prêmio de solução inovadora liderada por mulheres para a sustentabilidade alimentar na África 2020.

Edwin Bett tem experiência de trabalho com mulheres em promoção e empoderamento econômico. Ele tem trabalhado como coordenador da Federação do Quênia para o Comércio Alternativo, afiliada à Organização Mundial do Comércio Justo e atuou como diretor da Organização Mundial do Comércio Justo.

Jemimah Nyakongo é uma trabalhadora domiciliar com experiência em trabalhar com mulheres na comunidade, mobilizando e organizando. Ela é a secretária organizadora do Rachuonyo Women Group afiliado à HomeNet Kenya e é a atual presidente da HomeNet Kenya.

Edileuza Guimarães é presidente da Atemdo - Associação de Trabalhadores em Domicílio da Economia Solidária no Brasil. Ela também é membro do Comitê Interino do COTRADO ALAC e está fortemente engajada no movimento da Economia Solidária desde 2005 e é ativa nas causas que apoiam os trabalhadores de todos os segmentos da economia informal.

Patricia Coñoman atualmente é Conselheira da comuna de El Bosque, no Chile. É também coordenadora da Coordenadora Nacional de Trabalhadores em Domicílio Chile (CONATRADO) e membro do Comitê Interino do COTRADO ALAC. Foi presidente do sindicato CONTEXTIL (1975-2015) e fez parte da direção da Central Unitaria de los Trabajadores (CUT) no Chile (1988-2017).

Verônica Lopez é a secretária da juventude e representante responsável por apoiar a organização dos HBWs na Confederación de Trabajadores por Cuenta Propia Nicarágua (CTCP). Ela também é representante do CTCP para a StreetNet International, membro do Comitê Interino do COTRADO ALAC e membro do Comitê da Juventude da Confederação Sindical dos Trabalhadores das Américas (TUCA).

Firoza Mehrotra é membro do Conselho Consultivo da HomeNet South Asia. HNSA é uma rede de organizações de HBWs que representam coletivamente mais de um milhão de HBWs. Ela se aposentou do Serviço Administrativo Indiano e tem mais de 46 anos de experiência de trabalho tanto em nível de política quanto de campo.

Manali Shah é a secretária nacional da SEWA, um sindicato nacional que representa 1.7 milhão de trabalhadoras da economia informal na Índia. Ela trabalha na SEWA há mais de 31 anos.

Saira Feroze é a secretária de finanças do HBWWF, é o primeiro sindicato de mulheres HBWs no Paquistão. Ela também é secretária geral do Unite HB Workers Union. Ela é uma HBW e trabalhou com HBWWF por mais de 15 anos.

Lourdes A. Gula é o presidente nacional da PATAMABA, Rede Nacional de Trabalhadores Informais nas Filipinas, membro do comitê executivo da HNSEA e tem 46 anos de experiência em organização comunitária.

Poonsap S. Tulaphan é membro do conselho da HomeNet Thailand Association e diretor da Foundation for Labor and Employment Promotion (FLEP).

Suntaree Saeng-ging começou a trabalhar com trabalhadores informais, incluindo HBWs, há 30 anos, durante o estabelecimento da HomeNet Tailândia, onde atualmente é membro do conselho. Ela também é coordenadora regional da HomeNet Sudeste Asiático

Membros ex officio

Chris Bonner é o ex-diretor do Programa de Organização e Representação da WIEGO. Em 2018, ela foi convidada a apoiar o Grupo de Trabalho do HNI em seus esforços para construir uma rede global de organizações de HBWs e agora é membro ex-officio do Comitê de Trabalho do HNI.

Laura Morillo atua como Diretor do Programa de Organização e Representação da WIEGO na América Latina. Ela tem apoiado a rede global entre organizações de trabalhadores domiciliares e também colaborado com organizações de trabalhadores da economia informal para se organizar para a melhoria de suas condições de trabalho e de vida.

Janhavi Dave é o primeiro Coordenador Internacional da HomeNet International e anteriormente foi o Coordenador da HomeNet do Sul da Ásia. Ela já trabalhou com a Associação de Mulheres Autônomas (SEWA) e Mulheres no Trabalho Informal: Globalizando e Organizando (WIEGO). Ela tem mais de 15 anos de experiência de trabalho na organização e construção de organizações baseadas em membros de mulheres trabalhadoras da economia informal.

Vanessa Pillay é coordenador do Programa de Organização e Representação da WIEGO na África. Ela oferece apoio a organizações de trabalhadores da economia informal baseadas em membros para construir e fortalecer suas organizações para maior visibilidade e uma voz coletiva forte para defender seus direitos trabalhistas. Sua formação gira em torno da educação de trabalhadores no movimento sindical.

Procurar

Para consultas da mídia, por favor, entre em contato com:

Laura Revelo

Diretor de Comunicação HNI